segunda-feira, 2 de junho de 2008

XENOFOBIA 3


Confrontos na África do Sul não são xenófobos
diz especialista
FERNANDA BARBOSA

A violência de sul-africanos contra imigrantes de outras partes da África --que teve início em 16 de maio e deixou ao menos 56 mortos-- não pode ser considerada xenofobia, na opinião da professora Leila Leite Hernandez, livre-docente em História da África e professora da faculdade de História da USP (Universidade de São Paulo).
"O problema é que o surto migratório é feito por pobres que vão competir no mercado de trabalho de uma mão-de-obra também pobre, com baixos salários".
"Não dá para atribuir a esses conflitos uma dimensão étnica. Não é xenofobia. Nem no Zimbábue, nem na Zâmbia, nem em Moçambique e nem na África do Sul", disse Hernandez, que também é autora do livro "A África na Sala de Aula: Visita à História Contemporânea", em entrevista à
Folha Online.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial