quinta-feira, 6 de novembro de 2008

B.O. no Quénia

Comentário: os fatalistas estruturais dirão que nada irá mudar na história americana, que Obama será, apenas, mais um presidente ao serviço do Capital e do predadorismo militar. Os optimistas estruturais dirão que muita coisa irá mudar, que Obama irá introduzir uma página substancial de Estado social no livro do neo-liberalismo e reduzir o predadorismo.
Mas escutem: nunca a história avança com as grandes coisas, mas com as pequenas.
A história muda quando, no sovaco da vida, germinou uma diferença, pequena que seja.
E Obama é essa diferença, a sua eleição foi e é essa diferença.
Ele vai ser uma diagonal entre as duas teses.
Pouco a pouco, contra racistas e racializantes.
Com África inteira dentro dele, cumprindo seu destino queniano. N'Kosi sikeleli Africa!
Com a devida vénia; http://oficinadesociologia.blogspot.com/

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial