sábado, 27 de março de 2010

Luto


Fotos tiradas em Lichinga em 2006 por ocasião do lancamento do livro "Terra incógnita by Sérgio Santimano" com um dos textos de autoria de Albino Magaia.
Faleceu ontem em Maputo o jornalista, escritor e poeta Albino Magaia, soube a Rádio Moçambique de fonte familiar.
Magaia, nascido em Maputo, morreu aos 63 anos de idade, completados no passado dia 27 de fevereiro.
Decano do jornalismo moçambicano, Albino Fragoso Francisco Magaia, foi membro, na sua juventude, do NESAM, Núcleo dos Estudantes Secundários Africanos de Moçambique.
Nacionalista engajado na luta clandestina pela independência de Moçambique, Albino Magaia, juntamente com outros intelectuais moçambicanos, foi preso pela PIDE-DGS, a polícia política portuguesa nos anos 60.
Foi director do semanário TEMPO, do matutino Notícias e secretário-geral da AEMO, Associação dos Escritores de Moçambique) entre 1987 e...
Entre outras obras, o finado publicou “Assim no tempo derrubado” (poesia), “Yô Mabalane” (novela) e “Malungate” (novela).

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial