sexta-feira, 18 de maio de 2007

O lobo acabou comido


1. Finalmente, o sinistro neo-con de Bush, Paul Wolfowitz, apresentou a sua demissão.
A partir de 30 de Junho vai à vida. É o triste fim de mais um dos homens de confiança de Bush. Depois de levar a desgraça ao Iraque e ao mundo, desgraçou também a já fraca reputação do Banco Mundial. Tudo por estar apaixonado pela dominação.

Foi acusado de aumentar mais de 60 mil dólares no salário de Shaha Ali Riza, a namorada. A comunicação social diz que ficou a ganhar mais do que Condoleeza Rice.

De repente começou a ser feita esta relação, não sei bem porquê. Será que Wolf também tentou aumentar a graça da Condi? É o que faz trabalhar com muita adrenalina para o mundo das trevas. Sem dar por isso, o lobo acabou comido no caldeirão.

2. Depois de este escândalo não é altura de alterar a regra não escrita por outra escrita, segundo a qual os Estados Unidos já não podem escolher o presidente do Banco Mundial?

3. Tony Blair é um dos nomes que começa a ser falado para suceder a Wolfowitz. É uma aposta forte. Blair é camarada de armas de Bush e o candidato do ex-vice-presidente do órgão e Nobel da Economia 2001, Joseph Stiglitz. Tudo indica que o organismo de repente virou prateleira dourada de responsáveis pela guerra do Iraque. Como se pode ver, quando se fala de tachos, não estamos na vanguarda.
Post de António Oliveira
"blogger.... estrada poeirenta"

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial